O blog já fez um post sobre as providências para tomar antes do seu intercâmbio na Itália. Agora, completamos com o que você deve fazer ao chegar aqui, para quem já quer trazer os documentos preparados e se organizar.

Check-in na universidade

Fazendo o check-in na universidade você vai receber uma carta comprovando por que você está na Itália, carteirinha de estudante (leve uma foto 3×4) e instruções sobre como fazer matrícula. Eles geralmente também podem agendar uma hora com uma organização para você não ter que fazer o permesso sozinho e te ajudam com procurar uma moradia. A universidade fica fechada em agosto, então essa é minha primeira dica para os estudantes que vem passar o semestre de outono na Itália: não cheguem em agosto. Nesse mês, a maioria dos italianos viaja, fica difícil olhar apartamento, visitar as universidades ou mesmo fazer o permesso.

 

Registrar o seguro saúde

Essa é para quem fez o seguro IB-2, o seguro gratuito para brasileiros feito pelo inss. Quem vem para a Itália tem que se registrar na Azienda Sanitaria Locale. Em Bologna, o endereço é na via Montebello, 6, em uma policlinica. Você primeiro tem que ir com os documentos que te deram no Brasil e o passaporte e marcar uma hora. A funcionária queria me cobrar uma taxa de mais de cem euros, mas eu insisti que brasileiros eram isentos e ela acabou confirmando. No dia marcado, você volta com os mesmos documentos e o registro fica pronto na hora. Eles te dão alguns documentos e o endereço de alguns médicos, mas você pode visitar qualquer médico registrado com o Servizio Sanitario e os serviços de emergência. Para visitar um especialista, você precisa ser encaminhado e você pode receber descontos na compra de medicação prescrita por eles.

 

Codice fiscale

Se você ainda não tem o Codice Fiscale ( cpf italiano), deve se dirigir a uma Agenzia Delle Entrate com o passaporte para providenciá-lo. Ele é útil para fazer o permesso e imprescindível para abrir uma conta bancária. Alguns proprietários também pedem o número do Codice.

 

Permesso di soggiorno

O temido permesso di soggiorno é a carteirinha de estrangeiro residente na Itália que deve ser feita nos primeiros 8 dias úteis da entrada no país. Todos os que não são cidadãos de algum país da União Européia e querem ficar na Itália por mais de 90 dias devem solicitá-lo, e ele custa em torno de cem euros (como o visto é gratuito, não fica tão diferente dos custos de ir para outro país). Tem várias organizações que ajudam estudantes com o permesso. Aqui em Bologna tem a Acli, mas ela costuma ficar fechada todo o mês de agosto. A Unibo pode marcar horário lá se você chegar em outras épocas.

Na universidade, eles pedem o permesso para que você possa se inscrever para fazer as provas.

Para fazer o permesso sozinho, você deve ir a uma agência dos correios com sportello amico, pedir o kit giallo e preenchê-lo segundo as instruções e os anexos. Você coloca os documentos pedidos, que são essencialmente os mesmos do visto, com o seguro saúde e a carta-convite carimbados pelo consulado brasileiro (se for IB-2 pode colocar uma cópia do que te derem na Azienda Sanitaria) e entrega o envelope sem lacrar nos correios, junto com um selo que você deve comprar em uma tabacaria. Eles vão te dar um recibo que prova que você cumpriu sua obrigação legal, e marcar a data em que você deve ir à questura tirar as impressões digitais. Se você perder a primeira hora, eles marcam outra no site, se você perder a segunda, pode ter problemas. Depois desse compromisso, você só volta lá quando o permesso estiver pronto.

 

Clique aqui para ler todos os posts com dicas sobre morar e estudar em Bologna.

Clique aqui para ler sobre meu curso de férias em Florença.

 

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

4 comentários

  1. Oi Julia, primeiro queria te parabenizar pelo blog e agradecer por compartilhar tantas informações úteis. Eu estou me preparando para o intercambio nesse semestre, está bem corrido e sinceramente comecei a estudar o italiano no começo de junho. Você tem alguma dica pra se preparar linguisticamente?

    Curtir

    1. Oi, Matheus, tudo bem? Tenho algumas dicas sim. Para mim, melhor do que estudar muito em um ou dois dias da semana, é estudar um pouco todos os dias. Você pode entrar no duolingo (app gratuito), por exemplo, e fazer 20 minutos de curso todos os dias, ou a disponibilidade que você tiver. Também tente ver filmes e ouvir música tanto quanto você puder, ajuda bastante a treinar o ouvido. Lá com certeza você vai se desenvolver demais, nada como uma imersão para a gente avançar vários níveis.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s