Eu tive muitas dúvidas quanto ao que trazer no meu intercâmbio. Eu ia chegar na Itália em uma temperatura de quase 40 graus, viajar para vários países e ficar aqui até o fim de fevereiro. Baseada nas minhas experiências de viagem, eu sabia que não precisava trazer muita tralha. Então aqui como ficou a mala:

image

Mala/mochila conversível Nature & Découvertes, 50L
Sacola de viagens (serviu como carry on)
1 bolsa (veio dentro da sacola)

Roupas:

image

7 camisetas de verão
4 Camisas meia estação
6 blusas de frio
2 vestidos, um do dia-a-dia e um mais formal

image

4 calças (2 jeans, 1 de veludo e 1 de linho)
1 short
1 suéter e 2 cardigans
1 Jaqueta de couro
1 Trench coat

image

1 par de botas
1 Havaianas
1 Mocassim
2 Sapatilhas

image

7 sutiãs e 7 calcinhas
1 maiô
1 pijama
5 pares de meias
1 meia fina térmica e 1 calça térmica
1 par de luvas para smartphone
1 cachecol e dois lenços
1 gorro

Eletrônicos:
Laptop + cabo + case
Celular + cabo
Tablet + cabo
Leitor eletrônico kobo + cabo

Acessórios:

image

Fita adesiva
Mini kit de costura
Sombrinha
Lanterna de leitura e bookmarker eletrônico
Adaptador de tomada
Travesseiro de viagem
Óculos escuros e case dos óculos de grau
Caderninho e caneta
Marker (útil em albergues)
Swiss key (mini canivete disfarçado de chave que levo no carry-on)
Fones de ouvido
Dois aparelhos odontológicos

Nécessaire:
2 escovas de dente
1 Pasta de dente
1 Fio dental
1 Mini desodorante
1 Mini shampoo
1 Mini condicionador
1 Mini hidratante
1 Mini sabonete líquido
1 Sabonete de rosto
1 Lâmina
1 Pente pequeno
2 frascos de Renu (1 grande e 1 de 90 ml)
Lentes de contato para o intercâmbio inteiro
1 coletor menstrual
2 Protetores solares (corpo e rosto)
1 Cortador de unha
1 Pinça
Lenços de papel
1 Toalha mágica (aquelas de nadador)

Documentos:
Passaporte
Seguro saúde
Comprovante de condições financeiras
Fotos 3×4
Passagem de volta impressa, para a alfândega

Remédios:
Anti-concepcional para a viagem inteira
1 cartela de advil
1 cartela de antibióticos, prescritos pelo meu médico no Brasil
1 cartela de anti-alérgico
1 sorine

Eu vim pensando em comprar mais um sobretudo e um par de botas, já que meu sobretudo tava muito destruído e achei que valia a pena. A única coisa da qual eu me arrependo foi não ter substituído uma das sapatilhas por um par de tênis. Eu achei que não seria necessário porque todos os sapatos são muito confortáveis e eu estou acostumada a andar muito com eles, mas acabei fazendo algumas trilhas e teria sido útil.

Como eu ia chegar na Itália, viajar por mais de um mês durante o verão e voltar, eu coloquei todas as minhas roupas de inverno em sacos de compressão à vácuo (do tipo que você senta em cima e não precisa de aspirador, da Kalunga) e os deixei na sacola de viagens. O albergue em que eu estava me cobrou trinta euros para deixar a sacola lá até minha volta. Na verdade, as roupas de inverno teriam sido bem úteis já que eu peguei temperaturas abaixo de quinze graus e chuva na Áustria, na Eslovênia e na Bósnia (cinco graus em Sarajevo), mas teria sido um estorvo carregar duas malas.

Foi bom ter trazido anticoncepcional para o intercâmbio inteiro, porque isso não se compra sem receita na Itália. Já o soro da lente, que foi outra coisa que me recomendaram trazer em quantidade, foi bom ter trazido pouco porque aqui custa o mesmo tanto do que no Brasil.

Se você quer dicas para fazer uma mala pequena, pense que todas as suas roupas devem ser solidárias. Tudo tem que combinar com tudo, tudo tem que poder ser colocado junto na máquina de lavar, de preferência nada precisa passar. Se possível, use no avião os itens mais volumosos, como jeans, jaqueta e tênis, para ocupar pouco espaço na mala.  Lembre-se: você não precisa de nada que comece com “E se”. “E se” tiver uma ocasião chique? “E se” tiver muito frio na Grécia em agosto? “E se” eu me arrepender de não levar isso? Com uma H&M em praticamente toda esquina da Europa, é mais fácil comprar algo a mais do que carregar algo inútil pela viagem toda. Não leve nada que você provavelmente não vai usar. Também tente levar todas as coisas de banheiro em tamanho de viagem – lembrando que se for embarcar em vôo low-cost e não puder despachar bagagem, vão jogar fora todos os líquidos cuja embalagem diga mais de 100ml, mesmo se ele estiver meio vazio.

E você, o que acha que não pode faltar na mala para um intercâmbio?

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s