Existem alguns lugares em Istambul onde você pode ver a antiga cidade romana que existia aqui.

Os gregos fundaram a cidade de Bizâncio no Chifre de Ouro, perto do Bósforo. Ela foi conquistada pelos romanos alguns séculos mais tarde e chamou a atenção do imperador Constantino pela sua posição estatégica, entre Europa e Ásia e controlando a entrada para o Mar Negro. Durante séculos, foi a maior e mais rica cidade da Europa. E por isso seus traços ainda estão lá.

 

Cisterna da Basílica

Cisterna da Basilica istambul

A Basilica Cistern, também conhecida como Yerebatan Sarayi, ou palácio submerso, é a maior de centenas de cisternas construídas nos subterrâneos de Istambul pelos romanos. O nome vem do fato dela antigamente estar localizada embaixo de uma praça pública, a Stoa Basilica. A maioria das colunas parecem ter vindo de outros edifícios.

Foi um dos lugares que achei mais impressionantes em Istambul. As fotos não fazem justiça ao tamanho do lugar, e não mostram os peixes nadando entre as colunas.

Duas colunas tem engravadas a cabeça de medusa, uma colocada de lado e outra de cabeça para baixo. Diz a lenda que elas foram colocadas assim para reduzir o poder da medusa de transformar os inimigos em pedra, embora provavelmente tenha sido para apoiar melhor a coluna mesmo. 

 

Hagia Sophia

Hagia Sophia foi construída pelos romanos como uma igreja, depois foi usada como mesquita pelos otomanos, que adicionaram os minaretes, e finalmente se tornou um museu. Ela é famosa principalmente por causa de seu enorme domo, que mudou a história da arquitetura. Dentro a decoração original era de mosaicos em estilo bizantino, mas muitos foram destruídos pelos iconoclastas, e outros quando o lugar se tornou uma mesquita, já que o islam proíbe a representação de seres vivos em lugares religiosos. Hoje poucos ainda existem, e estão principalmente nas entradas. Outros poderiam ser encontrados, mas para isso seria necessário destruir a arte islâmica por cima.

Ela permaneceu a maior catedral do mundo por mil anos, até a construção da Catedral de Sevilla.

Esse é outro lugar que achei incrível.

 

Aqueduto de Valens

valens

O Aqueduto foi construído pelos romanos e teve extensas reformas feitas pelos otomanos, permanecendo por séculos a maior fonte de água da cidade. A maior parte dele ainda está de pé.

 

Hipódromo

hippodrome istanbul

Hoje, a maior pista que esse lugar costumava ser um antigo hipódromo é o formato da praça, assim como a Piazza Navona em Roma nos lembra pelo formato do antigo Circus Agonalis. Mas alguns monumentos ainda estão lá, como a Coluna da serpente, trazida do templo de Apolo em Delfos. Ela foi feita para celebrar a vitória dos gregos sobre os persas. O oobelisco egípcio na praça também foi trazido pelos romanos.

Hoje a praça é chamada de Sultanahmed e é onde fica a famosa mesquita azul.

 

Museu Arqueológico

Uma das coleções arqueológicas mais famosas do mundo, o museu fica dentro do complexo do Palácio de Topkapi, mas tem admissão separada. Ele tem mais de 60 mil artefatos gregos, egípcios, hititas e, é claro, romanos.

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s