Eu poderia dizer que Segóvia parece com um conto de fadas, mas a verdade é que são os contos de fadas que se parecem com Segóvia. Ela foi usada como inspiração em filmes da Disney, entrando na nossa imagem mental de conto de fadas.

 

Alcazar de Segóvia Castelo Bela Adormecida 1

Eu fui para Segóvia de ônibus, a partir de Madrid, com uma menina do meu albergue. Eu lembro que ela estava olhando pela janela quado fez uma cara de susto e perguntou “aquilo é neve?”. Nós tínhamos cometido o erro de achar que a temperatura seria semelhante à de Madrid, embora Segóvia seja bem mais alta. Resultado: viemos para uma cidade onde a temperatura era -1 com as roupas que usávamos em uma cidade onde a temperatura era 17 graus, e tivemos que passar o dia comprando um chá por hora para aquecer.

O primeiro lugar que visitamos foi o Alcazár, visível do outro lado da cidade. Dizem que ele é a inspiração do Castelo da Bela Adormecida da Disney. Na Espanha, ele é mais conhecido pelo formato de navio.

Uma fortificação já existia aqui desde a época romana. Ele foi reconstruído várias vezes porque era o castelo preferido de vários reis que passaram pelo país. Esse foi o lugar onde Isabela de Castilha foi proclamada rainha e onde se casou com Fernando de Aragão, unificando a Espanha.

Depois o castelo foi usado como prisão e como escola militar. Hoje ele é um museu. Foi um dos primeiros lugares que visitei, e, apesar de não poder subir na torre principal, que estava em reformas, achei que foi um passeio ótimo. O museu por dentro não tem tantas explicações, mas é lindo.

 

Aqueduto de Segóvia 2

Depois fomos para o Aqueduto, um dos monumentos romanos mais bem preservados em toda a península Ibérica. Ele transportava a água do Rio Frio das montanhas em torno da cidade. Ele foi usado até o século XIX. Ele chega a ter 27 metros de altura. Seguindo o modo romano de construir, as pedras estão apenas encaixadas.

Do lado do Aqueduto, você pode visitar parte das antigas muralhas da cidade, e curtir as vistas de Segóvia do alto, com direito a montanhas no fundo. Elas foram construídas em parte com pedras tiradas de edifícios romanos, inclusive do antigo cemitério.

Aqueduto de Segóvia 4

Uma catedral em estilo gótico tardio foi colocada dramaticamente no coração da cidade. 

 

Só andar pelas ruas de Segóvia já é um ótimo passeio. Como outras cidades da Espanha, a arquitetura é eclética e reflete as influências dos vários povos que passaram por lá. Tem um estilo de sgraffito nas paredes que é super charmoso. Gostei muito da cidade, e achei que foi um ótimo day-trip de Madrid.

 

Como chegar

Os trens de Madrid saem da estação Chamartin. Eles demoram em torno de meia hora para chegar lá. Os ônibus demoram um pouco mais, cerca de uma hora, mas são mais frequentes, saindo a cada meia hora. A companhia é a Sepulvedana, e os ônibus saem da estação Moncloa (tem uma estação do metrô lá dentro).

 

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s