Para começar a visita do Vaticano, o primeiro lugar que eu vi foi a Praça de São Pedro. Ela foi desenhada por Bernini para ser uma entrada imponente para a Basílica de São Pedro, na qual ele estava trabalhando há anos, e acho que qualquer um concordaria que ele cumpriu esse objetivo.

Basílica são pedro vaticano 2

É só cruzar uma linha branca no chão e entrar na praça que você mudou de país. A Praça de São Pedro foi construída no século XVII. No centro, fica um obelisco egípcio trazido de lá em 37 antes de nossa era. Diz a tradição que São Pedro foi crucificado em frente a esse obelisco, que por isso fica aqui, como testemunha do martírio. Ele é cercado por colunas toscanas, que definem a praça. Elas ficam progressivamente mais grossas, para que, apesar da perspectiva, pareçam ter todas a mesma espessura para quem entra na praça.

900px-Vatican_StPeter_Square
Créditos: wikicommons

Basílica são pedro vaticano 3

A Basílica, desenhada por um Bernini de apenas 26 anos, até hoje domina o skyline de Roma.Nessa época, o papa era o governante de boa parte da península itálica. Os chamados estados papais ocupavam uma área enorme, incluindo partes do Lácio, das Marche, da Umbria e da Emilia-Romagna. Em 1870, com a unificação italiana, os estados papais se tornaram parte do Estado Italiano. Propriedade da Igreja foi confiscada em várias partes do país, mas eles deliberadamente não interferiram no Vaticano. Muitos dos papas, apesar disso, recusavam-se a sair do Vaticano e a reconhecer o Reino da Itália. Em 1929, Mussolini assinou o Tratado de Latrão, que tornou o Vaticano um Estado Independente. Em troca, o papa prometeu neutralidade em questões internacionais – o que fez com que a Igreja Católica não se manifestasse contra o fascismo, o nazismo e o holocausto.

Na entrada, vi várias pessoas beijando os pés da estátua de São Pedro que fica na Basílica, e que está até descorada por isso. Os guias gostam de repetir que essa é uma antiga estátua de Júpiter reaproveitada, e que uma estátua de Maria era de Vênus, etc, mas não consegui achar nenhuma evidência histórica para apoiar isso.

Pilgrim_at_St_Peter_Enthroned
Peregrina tocando o pé de São Pedro, crédito: wikicommons

A Pietà de Michelangelo, uma das estátuas mais conhecidas do mundo, também fica lá dentro. Hoje é uma imagem clássica, mas era um tema incomum na Itália da época. Michelangelo falava que uma boa estátua te dá vontade de dar a volta nela e vê-la por todos os ângulos. Infelizmente, um babaca a atacou em 1972 e estragou tudo para todo mundo. Agora ela fica atrás de um vidro em um canto, então você só vai ver um ângulo.

Basílica são pedro vaticano Pietà

Algo em que poucos visitantes prestam atenção, mas vale muito a pena, é o chão da Basílica. Ela é a maior Igreja Católica do mundo, e joga isso na cara das outras no chão. Se você prestar atenção, vai ver que ele te mostra onde outras igrejas terminam.

No centro da igreja fica o badalquino feito por Bernini, construído para servir de túmulo a São Pedro. É uma estrutura de bronze de trinta metros de altura, intricadamente detalhada, absolutamente impressionante.

Interior Basílica São Pedro

Em um canto, fica uma Porta Sancta, um golpe de marketing inventado na idade média. Ela só se abria uma vez a cada 25 anos, nos anos de Jubileu e atravessá-la significaria passar para a presença de deus, era uma indulgência. O resultado? Hordas de peregrinos a cada 25 anos. A tradição não existia desde que o Vaticano permitiu que bispos designassem outras portas santas, mas foi retomada pelo Papa Francisco. A Porta também é um dos únicos monumentos que sobraram da basílica medieval.

Por uma taxa, você pode subir na cúpula da Basílica para ver a vista de Roma. Ela foi inspirada no Pantheon e nas técnicas de construção que Brunelleschi usou no Duomo de Florença.

Basílica são pedro vaticano 1

Guardas Vaticano
Guardas Suiços do Vaticano

Dicas práticas: a entrada na Basílica é gratuita, mas existe dress code. Lembre-se de ir com os joelhos e ombros cobertos, ou levar uma pashmina/quimono/casaco para se cobrir. Nas quartas-feiras, dia da audiência papal, a Basílica só abre depois do meio-dia.

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s