Uma das atrações mais populares de Cusco é o City Tour, que ao contrário do que o nome parece dizer, é uma visita a lugares em volta da cidade. Eu sabia que queria visitar alguns deles, e, como prefiro viajar de forma independente, o plano inicial era ir para Sacsayhuamán andando. Mas quando cheguei no meu albergue, o Kokopelli em Cusco, eu ganhei o transporte para esses quatro lugares como cortesia, então acabei participando de um tour de ônibus.

O primeiro lugar visitado foi Sacsayhuamán. O nome parece indecifrável a princípio, mas é só fazer como os estrangeiros, e chamar o lugar de Sexy Woman.

Sacsayhuamán 9

A cidade na verdade foi construída pelos Kilike, uma cultura que precedeu os Incas, e depois foi expandida por estes a partir do século XIII. Ela foi o local de uma batalha com os espanhóis, e foi saqueada por Pizarro. Nos séculos seguintes, eles retiraram muitas das pedras da fortaleza para construir a Cusco espanhola. Dizem que não há uma casa colonial em Cusco que não tenha pedras tiradas daqui,e o próprio estádio de futebol da cidade foi construído assim, e por isso o que se vê tem o tamanho de apenas 20% do original.

Sacsayhuamán 8

Muitos acreditam que Sacsayhuamán foi construída em forma de Serpente, e por isso as paredes em zigzag. Mas, para a maioria, Cusco foi construída em forma de Puma, e Sacsayhuamán era a cabeça. Para os incas, a Serpente representava o mundo inferior, dos mortos, enquanto o Puma representava o mundo dos vivos e o Condor representava o mundo dos deuses. Além disso, de lá tive uma vista panorâmica para Cusco.

Sacsayhuamán vista de Cusco

Depois fui para Tambomachay, famoso pela quantidade de fontes de água. Embora os guias sempre digam algo sobre fontes da eterna juventude, a verdade é que ninguém tem certeza do que esse lugar era. Talvez fosse usado para trazer água para a fortaleza do lado, talvez fosse um spa para a elite dos incas, talvez um pouco dos dois.

Tambomachay 2

De Tambomachay, eu já tinha uma vista ótima de Puca Pucara, uma construção logo do lado. Embora o nome signifique “forte vermelho”, alguns historiadores crêem que era um checkpoint na estrada, onde podia-se examinar quem passava pela estrada. Outros falam que era mais um lugar de descanso para caçadores e nobres que visitavam essa parte do Império.

Puca Pucara visto de Tambomachay 3

A última parada foi Qenqo, um lugar religioso. As evidências indicam que esse era um lugar usado para embalsamar corpos. A construção é bem diferente dos outros lugares da lista, já que ele foi esculpido de um enorme  monolito. Alguns historiadores também acreditam que sacrifícios aconteciam aqui, ou de chicha (bebida alcóolica feita à base de milho) ou de sangue.

Qenqo

Eu gostei muito de ter visitado esses lugares, mas achei que a presença de um guia é completamente dispensável. Não se engane achando que é bom ter alguém para explicar tudo. Ninguém sabe muito sobre os Incas e suas construções, e os guias querem apresentar versões redondinhas que reduzem muito a história dos lugares. No entanto, a visita guiada é uma forma conveniente de visitar os quatro lugares. Se você tiver disposição, pode caminhar para esses lugares, já que todos são perto de Cusco. Se não tiver, ou estiver sentindo o mal de altitude, também pode alugar um táxi pelo dia. Sacsayhuamán também é visitado por vários dos Free Walking Tours que saem da Plaza de Armas de Cusco na parte da tarde, e eles têm um free shuttle.

Para visitá-los, é necessário comprar o Boleto Turistico. Você pode comprar o integral, com grande parte das atrações do Vale Sagrado e validade de 10 dias por 130 soles (70 para estudantes menores de 22 anos) ou o parcial, apenas com as atrações próximas a Cusco, que vale por um dia por 70 soles (40 para estudantes menores de 22 anos).

Ele é vendido na Agência da Cosituc, na Avenida del Sol, 103, próximo a Plaza de Armas, na sede da prefeitura na Plaza Regocijo. Também vendem em alguns dos lugares incluídos.

 

Escrito por Julia Boechat

Estudante de história. Já morei em Bologna, fiz trabalho voluntário em Praga e viajo sempre que posso. Sou viciada em livros e filmes e estou tentando ler/ver um de cada país do mundo.

2 comentários

  1. To na dúvida se como visitar. Ou vou andando, se estiver me sentindo bem, ou pego um tour mesmo. Também não gosto, mas quero muito ir a Tambomachay e Puca Pucara e acho que vai ser o jeito mais fácil.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s